O Leão que todo publicitário quer

Por 22 de agosto de 2018Marketing, SocialNews
Tempo de leitura aproximado: 4 minutos(Atualizado em: 2 de outubro de 2018)

Assim como em qualquer categoria a publicidade também tem seu prêmio máximo. Se no cinema a maior glória é o Oscar, na publicidade é o Leão de Cannes.

Origens

Em junho de 1953 foi criado na cidade de Cannes, na Riviera Francesa, uma premiação para as melhores peças da publicidade mundial. Acontece sempre no mês seguinte do Festival de Cinema que ocorre na mesma cidade. Até o começo da década de 1990 só havia a categoria de filmes. Porém, no decorrer daquela década passaram a surgir novas categorias.

Categorias

Existem dezenas de categorias onde as peças competem buscando alcançar as luzes da ribalta, as principais são:

– Sustentabilidade: Como o nome sugere, premia peças que estimulem ações sustentáveis.

– Rádio e Áudio: Premia as melhores criações voltadas tanto para rádio quanto para serem veiculadas em aplicativos de streaming de áudio.

– Inovação: Aqui é onde se valorizam as novidades. Aquela ideia que ninguém tinha pensado ainda encontra aqui seu Leão.

– Outdoor: Apesar do nome sugerir o outdoor clássico o que é premiado aqui é são as peças que são feitas para ficar ao ar livre, vale desde placas até outdoors tradicionais.

– Mobile: Com o avanço acelerado os smartphones e redes sociais, o prêmio aqui é dado para tudo que foi veiculado pela internet.

– Filme: Principal e mais antigo prêmio em Cannes, essa categoria premia as peças publicitárias mais tradicionais: os filmes publicitários que podem ter de 30 segundos até um minuto de duração.

– Viral: O objetivo nessa categoria é se espalhar pela internet, mídia tradicional, conversas de bar, salas de aula de forma semelhante a um vírus, daí seu nome.

Divisões?

Dentro de cada categoria existem subdivisões que são, em ordem de relevância:

– Leão de Bronze

– Leão de Prata

– Leão de Ouro                                             

– GranPrix

Para o ano de 2018 o Festival distribuiu nada menos que 1186 Leões em todas as categorias.

E o Brasil?

Desde o primeiro Leão em Cannes, em 1974 com o filme “Homem com mais de Quarenta Anos”, criado por Francesc Petit e Washington Olivetto, pela agência DPZ, o Brasil tem ganhado, a cada ano, maior notoriedade, prêmios e destaque no festival. Só no ano de 2018 foram ao todo 101 Leões em Cannes, superando os 99 Leões de 2017 e os 90 de 2016. No ano de 2018 só ficamos atrás dos Estados Unidos (com 332 Leões) e próximos do Reino Unido que abocanhou 110 Leões.

Sonho

Se tem um prêmio que todo publicitário almeja ganhar é o Leão de Cannes, ele é o reconhecimento máximo de um trabalho bem feito. Para o ano de 2019 algumas mudanças são esperadas, como novas categorias e ainda mais criatividade nas peças apresentadas ao júri.

Deixe seu comentário
Cleber Iyama

Cleber Iyama

Publicitário, já participou diretamente de campanhas que geraram mais 1 BILHÃO de reais em vendas. Com quase 20 anos de experiência no mercado de mídia é idealizador e criador do método MAC (Marketing de Ação Contínua). Uma de suas campanhas foi caso de estudo de Philip Kotler e Kevin L. Keller em um dos livros de marketing mais vendidos do mundo, "A Bíblia do Marketing" em sua 14º Edição.