Vendas online

Marketplaces: Como usá-los para turbinar suas vendas

By 26 de abril de 2019 abril 30th, 2019 No Comments
Tempo de leitura aproximado: 7 minutos(Atualizado em: 30 de abril de 2019)

Já sabemos que a web revolucionou a forma como nos relacionamos, e a relação entre entre empresas e clientes não ficou de fora. O marketplace é uma dessas inovações, proporcionando a diferentes lojistas a oportunidade de comercializar seus produtos de forma prática e baixo custo.

Se você trabalha com produtos físicos, ou seja, possui estoque, com certeza seu desejo é vendê-lo rapidamente e com uma boa margem de lucro. Independente de estar começando agora ou já ter um negócio há tempos.

Preparamos este material para te ajudar a entender melhor essas ferramentas e levar seu negócio online ou físico para o próximo nível. Confira!

O que é um marketplace

Marketplace em livre tradução significa nada menos do que “Lugar de Vendas”.

Eles funcionam como um shopping online, onde dentro de um único endereço eletrônico, diversas empresas e vendedores podem oferecer seus produtos, estabelecendo uma conexão direta com os clientes.

Isto permite alcançar diversos públicos novos, já que os clientes enxergam os marketplaces como um local possível de ver diferentes ofertas e preços.

Vantagens do marketplace

Os marketplaces são ambientes um tanto democráticos, ideal para empreendedores iniciantes ou experientes, podendo otimizar o tráfego de sua loja virtual, captar mais clientes, trazer maior visibilidade para os produtos.

Além disso, o custo para comercializar seus produtos nesses ambientes é relativamente baixo. Esteja atento às comissões exigidas de cada plataforma, somado aos custos do seu produto.

Como vender no marketplace

Escolha dos produtos

Para obter sucesso nas suas vendas no marketplace, você precisará ter clareza sobre o público-alvo a ser atingido. Prefira dar ênfase para as mercadorias que são um diferencial no seu negócio, os exclusivos, já que nesses canais os produtos de nicho costumam fazer sucesso.

Escolha dos canais de venda

Existem diversas opções de marketplaces disponíveis em que seu negócio pode se encaixar.

Se o seu negócio é moda, pode estar no Dafiti, Netshoes.
Se você vende móveis ou eletrônicos, pode estar no Magazineluiza ou Walmart.

E quase todos os segmentos também podem estar no Mercado Livre, Amazon.

O processo de entrada vai depender de cada marketplace. No Mercado Livre, por exemplo, este processo é simples, porém nos demais grupos costuma ser mais complexo.

A negociação pode ser facilitada com a integração direta entre sua loja virtual e os marketplaces escolhidos, o Ecommerce da SBcommerce, por exemplo, otimiza esse processo reduzindo o tempo de negociação.

Entre em contato com um especialista no assunto para entender melhor o passo a passo e como fazer essa integração.

Capriche nos anúncios

Após o contrato com os marketplaces, lembre-se de caprichar em seus anúncios de produtos, para iniciar o processo de vendas.

Esteja atento às regras e recomendações de cada plataforma, em relação ao título, imagem dos produtos e descrições.

  • A imagem do seu anúncio deve ser de boa qualidade, ressaltando as características do produto de diversos ângulos. Não esqueça de caprichar na iluminação e fundo das fotos (preferencialmente branco).
  • O título é a primeira informação do seu anúncio que o público lerá, você deve se concentrar em traduzir no título a maneira que o cliente irá procurar seu produto, sua palavra-chave. Mais uma vez, tome cuidado com as regras de cada plataforma.
  • Não menos importante, a descrição deve complementar o título, explicando as especificações e diferenciais do produto.

Preço

Além de estar atento às comissões e seus custos fixos e variados, esteja atento no que a concorrência tem praticado em relação a preços. Procure se manter competitivo.

Encante o cliente

Não é porque o cliente não está comprando seu produto dentro do seu site que você deixará de encantá-lo. Oferecer brindes e outros tipos de atrativos são ótimas formas de transmitir credibilidade e se destacar dos demais.

Não esqueça de manter a qualidade dos produtos, tomar cuidado com o prazos de entrega, e atendimento pré e pós-venda. Lembre-se de que manter uma boa reputação nos marketplaces é imprescindível para aumentar suas vendas.

Tendências dos marketplaces

Em alguns países como EUA e China algumas tendências já são realidade, como por exemplo a pesquisa por voz ou por imagem, ao invés de digitar as palavras.

Outras inovações como realidade aumentada e uso de inteligência artificial também devem ser exploradas nesse mercado em um futuro próximo.

E é claro, não podemos esquecer das redes sociais, já que o Facebook possui seu próprio espaço de marketplace, que funciona como uma espécie de vitrine para negócios, e por enquanto não cobra pelas transações.

De fato, a estratégia de usar marketplaces em conjunto com a loja virtual tem trazido aumento em vendas para diversos lojistas no mundo todo, é uma tendência que deverá continuar crescendo.

Possuir um e-commerce com integração facilitada com esses magazines pode reduzir em muito o processo de negociação, inserção dos produtos e administração de estoque, otimizando suas vendas e expandindo seu canais.

Ou seja, é um investimento que pode realmente te ajudar a levar seu negócio para um novo patamar.

Gostou desse conteúdo? Leia mais sobre como vender online neste artigo.

Deixe seu comentário

Leave a Reply